Loading...

Com dois de Marco Jr., Chapecoense bate Ceará fora de casa pelo Brasileirão Sub-20

A Chapecoense conquistou mais uma vitória fora de casa pelo Brasileirão Sub-20. Com dois gols de Marco Jr. e um de Rodriguinho, a equipe derrotou o Ceará, por 3 a 1, na tarde deste domingo (12), na Cidade Vozão, em Itaitinga, pela 15ª rodada.

Chapecoense ficou a dois pontos do Vozão. Foto: Fernando Ferreira/ CearáSC.com

Com o resultado, o Vozão ficou na 14ª posição, com 17 pontos, dos a mais que o Verdão do Oeste, 15º colocado.

As duas equipes voltam a campo pela 16ª rodada do Brasileirão Sub-20 no próximo domingo (19). Às 10h, o Ceará visita o Vasco no Estádio Nivaldo Pereira, em Nova Iguaçu. Às 15h, a Chapecoense recebe o Athletico-PR no CT Água Amarela, em Chapecó.

Antes, ambos os times têm compromissos pelos seus respectivos Estaduais, na quarta (15), às 15h. O Ceará pega o Rio Branco na Cidade Vozão, em Itaitinga, pela terceira rodada do Cearense Sub-20. Já a Chapecoense recebe o Hercílio Luz no CT Água Amarela, em Chapecó, pela segunda rodada do Catarinense Sub-20.

O jogo  

A etapa inicial começou movimentado. A primeira grande chance foi dos visitantes, que acertaram o travessão em toque por cobertura de Rodriguinho e perderam no rebote, com Riquelme Ceará. Em jogadas velozes, Marco Jr também ameaçou.

Já os cearenses assustaram em arremate de Matheus Índio de fora da área e em cruzamento rasteiro finalizado por Denilson, mas defendido por Júnior. Aos 48, a Chape abriu o placar após Rodriguinho ser derrubado por Marcos Victor na área. Pênalti que Marco Jr. cobrou e não desperdiçou.

A resposta alvinegra foi rápida e na mesma moeda. Logo aos três minutos do segundo tempo, Kiuan driblou na área e sofreu a falta. Matheus Índio bateu para deixar tudo igual.

O duelo ficou aberto. Os donos da casa chegaram com Kiuan, que fez jogada individual pela direita e parou no goleiro. Já os catarinenses ameaçaram com Rodriguinho, que completou cruzamento rasteiro na área para fora na primeira e foi travado pela marcação quando sairia cara a cara, na sequência.

Aos 19, contudo, o camisa 9 condá foi decisivo. Ele avançou pela esquerda, aproveitou a saída ruim do goleiro e rolou para o meio da área, onde Marco Jr. apareceu para chutar no canto e colocar a equipe em vantagem.

O Vozão buscou a reação, mas só conseguiu pressionar nos minutos finais. A melhor oportunidade veio no chute de fora da área de Pedro Igor, que explodiu no travessão. Aos 51, em rápido contragolpe, Mailson arrancou pela esquerda, foi bloqueado, mas viu a bola sobrar para Rodriguinho, que fez o terceiro da Chape e fechou o placar.

Deixe sua opinião

Jornalista apaixonado por qualquer espécie de futebol
Loading...