Loading...

Cerificado de Clube Formador: o que é e quais clubes tem?

Toda criança já sonhou em ser jogador (a) de futebol. Mas até chegar nos profissionais, elas traçam uma longa caminhada pelas categorias de base. Nessas divisões, os clubes devem fornecer todos os cuidados possíveis para o desenvolvimento de futuras estrelas do esporte.

38 equipes possuem o Certificado de Clube Formador. Foto: Divulgação/ CBF

Para que esse crescimento seja adequado e eficiente, a CBF formulou o Cerificado de Clube Formador (CCF). Com base na Lei Pelé (Lei 9615/98) e com o apoio das federações estaduais, a entidade vistoria e classifica a base das equipes brasileiras com única finalidade desportiva.

O certificado pode ser requerido junto à federação estadual em qualquer momento do ano. Ele é dividido em duas categorias, A e B. A principal é cedida aos clubes que  cumprem os requisitos acima das exigências mínimas com validade de dois anos. Já a secundária vale para quem cumpre apenas as normas mínimas, esta com validade de um ano.

As exigências feitas pela CBF são:

  • apresentar relação de técnicos e suas comissões devidamente habilitados responsáveis por cada categoria;
  • comprovar participação em competições oficiais das categorias;
  • apresentar programa de treinamento detalhado, de acordo com horários escolares, faixas etárias e competições disputadas;
  • apresentar assistência educacional regular em qualquer nível;
  • oferecer assistência médica por meio de profissionais habilitados, na qual inclui: exames de rotina, medicina do trabalho, vacinação, avaliações individuais, manutenção de departamento médico e centro de reabilitação equipados, plano de contingência médica e , tratamento patológico, psicológico e odontológico;
  • Prover, no mínimo, três refeições diárias;
  • Facilitar a visita de familiares e fornecer meios para que os atletas voltem as suas cidades de origem no fim da temporada;
  • Garantir transporte para treinos e jogos;
  • Garantir pagamento de seguro de acidentes e bolsa-auxílio sem vínculo empregatício aos atletas;
  • Manter alojamento em condições mínimas;
  • Fornecer material de treino;

A versão mais atualizada da lista de clubes formadores foi divulgada em janeira deste ano. A categoria A conta com apenas 16 clubes, sendo sete do estado de São Paulo. Dos 40 clubes das Séries A e B do Brasileirão, somente nove possuem a nota máxima.

Já a Categoria B conta com 22 clubes, sendo 14 da Região Sudeste, com oito clubes da Série A e nove da Série B. Ao todo, cinco equipes da primeira divisão e nove da segunda não possuem qualquer cerificado de clube formador.

CCF A: Validade de dois anos

América Futebol Clube (MG)

Associação Atlética Ponte Preta (SP)

Brasilis Futebol Clube Ltda (SP)

Ceará Sporting Club (CE)

Clube Atlético Paranaense (PR)

Clube Atlético do Porto (PE)

Criciúma Esporte Clube (SC)

Esporte Clube Bahia (BA)

Ferroviária Futebol S/A (SP)

Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense (RS)

Grêmio Osasco Audax Esporte Clube (SP)

Ituano Futebol Clube (SP)

Santos Futebol Clube (SP)

São Caetano Futebol Ltda (SP)

Sport Club Internacional (RS)

Sport Club do Recife (PE)

 

CCF B: Validade de um ano

Associação Chapecoense de Futebol (SC)

Avaí Futebol Clube (SC)

Botafogo Futebol S.A. (SP)

Club de Regatas Vasco da Gama (RJ)

Clube Atlético Mineiro (MG)

Clube Atlético Tubarão SPE Ltda (SC)

Clube de Regatas do Flamengo (RJ)

Cruzeiro Esporte Clube (MG)

Desportivo Brasil Participações Ltda (SP)

Esporte Clube Juventude (RS)

Esporte Clube Vitória (BA)

Fluminense Football Club (RJ)

Goiás Esporte Clube (GO)

Grêmio Novorizontino (SP)

Guarani de Palhoça Futebol Ltda (SC)

Nova Iguaçu Futebol Clube (RJ)

Paraná Clube (PR)

Red Bull Futebol e Entretenimento Ltda (SP)

São Paulo Futebol Clube (SP)

Sociedade Esportiva Palmeiras (SP)

Sport Club Corinthians Paulista (SP)

Volta Redonda Futebol Clube (RJ) 

Confira aqui o documento detalhado para obtenção do CCF.

Deixe sua opinião

Jornalista apaixonado por qualquer espécie de futebol
Loading...