Loading...

Brasileirão sub-20: São Paulo vai em busca de único título que falta em Cotia

Faltando 8 dias para o início do Brasileirão sub-20, o DaBase.com.br faz a 14ª matéria especial de uma série sobre os participantes do torneio nacional. Hoje, veremos um clube multicampeão nos últimos anos, mas que busca um título inédito para sua galeria: o São Paulo.

São Paulo mira título para fechar ciclo de coquistas da categoria. Foto: Rubens Chiri/ saopaulofc.net

O Tricolor pode não ter levantado taças no futebol profissional nos últimos anos. Mas as categorias de base renderam frutos dentro e fora de campo. O CT de Cotia revelou diversos talentos, como Éder Militão, Lyanco, Casemiro, Lucas Moura, David Neres, Antony e Luiz Araújo – todos rendendo milhões aos cofres.

Atletas como goleiro Lucas Perri, que ainda está no clube, Neres e Araújo fizeram parte de uma geração vitoriosa que acumulou praticamente todas as conquistas possíveis, relembradas por Araruna em entrevista exclusiva ao DaBase.com.br.

A equipe sub-20 iniciou, em 2015, uma sequência de conquistas anuais partindo do bicampeonato da Copa do Brasil. Campeão paulista e da Libertadores em 2016, o Tricolor chegou ao tricampeonato consecutivo da Copa Ouro e da Copa RS em 2017. No ano seguinte, vieram o tri da Copa do Brasil – sendo o maior campeão do torneio – e a Supercopa do Brasil.

Depois do vice em 2018, o São Paulo conquistou a Copa São Paulo no ano passado, concluindo o quinto ano seguido levantando taças. Esse costume, para Orlando Ribeiro, técnico da equipe sub-20, é fundamental na criação de uma mentalidade vitoriosa nos atletas. Ele valorizou os resultados em entrevista exclusiva ao DaBase.com.br.

“O São Paulo, como clube grande que é, sempre entra nos torneios como favorito, e os meninos precisam entender desde agora como é defender uma camisa como essa. O São Paulo é uma equipe conhecida mundialmente e devemos ajudar na formação de atletas com este perfil de grandes desafios”

São Paulo conquistou Copa São Paulo em 2019. Foto: joão Moretzsohn/ CBF

Na extensa lista de conquistas, contudo, uma competição não está presente. O Tricolor nunca foi campeão brasileiro da categoria. Foram três conquistas da Copa RS a partir de 2015, justamente quando o torneio deixou de representar o Brasileiro. Até 2014, a competição era organizada pela Federação Gaúcha de Futebol (FGF) e reconhecida como o torneio nacional.

Desde 2015, a melhor campanha são-paulina foi em 2017, quando caiu nas semifinais, diante do Athletico-PR. No ano passado, após fechar a primeira fase na sétima posição, os comandados de Orlando Ribeiro fizeram dois confrontos equilibrados contra o Corinthians, mas foram eliminados nas quartas de final.

Para 2020, o treinador promete uma equipe na mesma linha dos últimos anos: competitiva e de qualidade. “Podem esperar uma equipe de qualidade técnica e competitiva, é o que sempre esperamos que os jogadores possam aplicar nos jogos”, disse.

A manutenção do trabalho é um dos segredos do clube. Orlando está nas categorias de base ha dez anos, comandando o time sub-20 desde 2018, quando substituiu André Jardine. Anteriormente na categoria sub-17, ele pôde desenvolver vários atletas que hoje ganham mais espaço no profissional, como o zagueiro Diego Costa, o meia Gabriel Sara e os atacantes Helinho e Paulinho Bóia.

Para o Brasileirão, o clube terá alguns remanescentes da geração campeã da Copinha em 2019 e outros jovens que se destacaram neste ano, como Galeano, Anilson e Gabriel Falcão, além de promessas promovidas do time sub-17, como Juan. Com vários jovens treinando entre os profissionais, Orlando Ribeiro ressalta a importância dessa integração com a equipe principal.

“A geração atual está tendo oportunidades de fazer treinos com o time principal, geralmente um grupo de dez a doze atletas, são trabalhos para auxiliar o time profissional. Por consequência, eles têm contato com os atletas e comissão técnica e recebem orientações de muita valia para o crescimento deles como jogadores de futebol”

MOMENTO

Os treinos da equipe sub-20 foram retomados no fim de agosto seguindo uma série de protocolos de segurança referentes à pandemia do novo coronavírus. Com Cotia novamente valorizada nos profissionais, tendo vários atletas aproveitados no time principal, a base tricolor dá sequência ao trabalho de longo prazo visando os torneios nacionais de 2020. A estreia está marcada para o dia 24, às 5h, contra o Athletico-PR, em casa.

DESTAQUES

Foto: Reprodução/ Instagram

O lateral-direito Anilson foi um dos destaques da equipe na Copa São Paulo. O maranhense de 19 anos teve pouco espaço no ano passado, atuando apenas em quatro jogos no seu primeiro ano no sub-20. Mas neste ano, o jovem ganhou a titularidade na Copinha e marcou três gols nas três partidas da primeira fase, sendo fundamental na classificação ao mata-mata. No entanto, ele se lesionou no início do duelo da segunda fase, contra o Flamengo-SP, e ficou fora do restante do torneio. Recuperado, o jovem será peça importante no Brasileirão.

 

Foto: Reprodução/ Instagram

O paraguaio Galeano é uma das referências da equipe sub-20 são-paulina. O jogador chegou ao clube por empréstimo no ano passado após se destacar no Rubio Ñu e pela seleção nacional, com dois gols em três jogos no Mundial sub-17 de 2017. Foram treze gols pelo time sub-20 em 2019 e outros cinco na Copa São Paulo deste ano, sendo o artilheiro da equipe no último Brasileirão e no torneio de 2020. O jovem de 20 anos, no entanto, não tem futuro garantido no clube, já que seu vínculo é válido até o fim do ano.

 

Foto: Rubens Chiri/ saopaulofc.net

O atacante Juan, de 18 anos, é uma das grandes apostas da base tricolor. O jovem chegou ao clube no ano passado, por empréstimo do União Barbarense, e foi comprado em definitivo após se destacar pela equipe sub-17. Os oito gols em 16 jogos o levaram à seleção brasileira, mas uma lesão na coxa tirou o jovem do Mundial sub-17. Após estrear pelos profissionais na última rodada do Brasileirão de 2019, ele ganhou a titularidade do time sub-20 em seu primeiro ano na categoria, marcando três gols na Copa São Paulo.

NOVIDADE

Foto: Reprodução/ Instagram

O zagueiro Pedro Lucas chegou ao São Paulo antes da volta aos treinos sem custos. Formado no Sport Recife, ele disputou o Sul-Americano sub-15 de 2017 pela seleção brasileira e, no ano passado, fez 20 partidas pela equipe sub-20 pernambucana. O defensor de 18 anos reforçará o Tricolor no Brasileirão e pode ganhar espaço no decorrer da temporada.

 

VAI FAZER FALTA?

Foto: Rubens Chiri/ saopaulofc.net

Gustavo Maia era uma das principais promessas da base tricolor. O atacante chegou ao clube aos 14 anos e tem excelentes números. Fez 30 gols em 36 jogos em 2018, pelo time sub-17, e marcou três vezes na Copa São Paulo deste ano. O Barcelona observou o atleta e, após pagar 1 milhão de euros pela prioridade da compra do jovem de 19 anos, efetuou a negociação em julho totalizando 4,5 milhões de euros (R$27 milhões à época). Ele deixou o clube sem atuar ente os profissionais.

COMISSÃO TÉCNICA 

Foto: Divulgação/ São Paulo

Há dez anos no São Paulo, o técnico Orlando Ribeiro acumula títulos e revelações. Ex-zagueiro com passagens pelo interior paulista, o treinador passou pelas categorias sub-15 e sub-17 até chegar ao sub-20 em 2018, substituindo André Jardine. Campeão da Copa do Brasil, da Supercopa e da Copa São Paulo, ele terá a seguinte comissão técnica no Brasileirão:

Auxiliar Técnico: José Lucas Macorin

Preparador Físico: Mário Felipe

Treinador de Goleiros: Joseval Vieira

Massagista: Salvador Francelino

CALENDÁRIO

O São Paulo terá calendário cheio nas competições nacionais em 2020. Além do Brasileirão, o Tricolor disputará a Copa do Brasil, herdando a vaga do Red Bull Brasil. O clube estreia no dia 7 de outubro, contra o União ABC-MS, em casa, pela primeira fase. Semifinalista em 2019, o time ainda não sabe se disputará o Paulista sub-20 neste ano, já que a Federação Paulista de Futebol (FPF) não definiu o torneio. Mas com a sobreposição de datas, o clube deve voltar suas atenções apenas para os torneios nacionais.

Jogos do São Paulo no Brasileirão:

1ª rodada – 24/09, 15h – São Paulo x Athletico-PR

2ª rodada – 27/09, 15h – Bahia x São Paulo

3ª rodada – 01/10, 19h15 – São Paulo x Flamengo

4ª rodada – 04/10, 15h – Fluminense x São Paulo

5ª rodada – 10/10, 15h – São Paulo x Botafogo

6ª rodada – 14/10, 15h – América-MG x São Paulo

7ª rodada – 18/10, 19h30 – São Paulo x Internacional

8ª rodada – 26/10, 17h – Palmeiras x São Paulo

9ª rodada – 01/11, 15h – Goiás x São Paulo

10ª rodada – 05/11, 15h – São Paulo x Sport

11ª rodada – 08/11 – Cruzeiro x São Paulo

12ª rodada – 14/11 –São Paulo x Vitória

13ª rodada – 22/11 – Santos x São Paulo

14ª rodada – 25/11 –São Paulo x Chapecoense

15ª rodada – 29/11 –Grêmio x São Paulo

16ª rodada – 02/11 – São Paulo x Corinthians

17ª rodada – 06/11 – Ceará x São Paulo

18ª rodada – 13/11 – São Paulo x Atlético-MG

19ª rodada – 20/11 – Vasco x São Paulo

Deixe sua opinião

Jornalista apaixonado por qualquer espécie de futebol
Loading...