Loading...

A Base do Sport está pronta para corresponder à altura

Williams Aguiar / Sport Club do Recife

Diariamente, a rotina do futebol rubro-negro mostra que vale à pena investir na base. Os atletas formados no Clube têm demonstrado maturidade e bom futebol quando desafiados a atuar em partidas pela equipe profissional. Um bom exemplo para falar deste assunto é o volante Thallyson, 21 anos, paraense da cidade de Benevides. Compondo o elenco profissional nesta temporada, ele já atuou em cinco partidas pelo Leão e, no Clássico contra o Santa Cruz, no último domingo (26), se destacou em campo.

Se dedicar ao futebol com acompanhamento de profissionais qualificados, que cuidam do atleta desde as categorias de formação faz toda a diferença no futuro do jogador. Além disso, a outra parcela fundamental para este desenvolvimento fica por conta do próprio atleta. “O nosso trabalho também faz a diferença. Nos dedicamos a cada dia nos treinamentos para quando chegam as oportunidades, a gente poder jogar e mostrar o nosso talento”, disse Thallyson.

Quando acionado para atuar pelo profissional, o volante tem objetivos claros em mente. “Meu projeto para 2017 é me firmar cada vez mais e essas oportunidades que vêm sendo dadas são as chances de mostrar confiança para jogar. Sempre que precisarem, saberem que a gente está pronto para corresponder à altura. Espero um ano muito bom no time. É gratificante poder estar no profissional do Clube onde fui formado”, contou o volante.

A maturidade de Thallyson para encarar uma partida das dimensões de um Clássico das Multidões é uma das razões que validam o bom trabalho feito na formação de atletas rubro-negros. Dentro do planejamento do futebol leonino, atletas como ele devem continuar ganhando oportunidades no grupo profissional.

Informação: sportrecife.com.br

Deixe sua opinião

Loading...