Loading...

Artilheiro do Torneio FGF Sub-17 comemora primeiro ano no Atlético-GO e quer se consolidar no clube

Marcar cinco gols em um jogo é um feito que poucos atacantes alcançam. Eleito melhor do mundo em 2020, Robert Lewandowski atingiu essa marca em 2015, pelo Bayern de Munique. Neste ano, quem também colocou cinco bolas na rede foi Kevin, que se inspira justamente no artilheiro polonês.

Kevin marcou oito gols no Torneio FGF Sub-17. Foto: Divulgação/ Atlético Goianiense

O jovem de 17 anos foi o goleador máximo do Torneio FGF Sub-17. que substituiu o Campeonato Goiano nesta temporada. Com oito gols, o jogador fez cinco só diante do Anápolis, pela oitava rodada da primeira fase. Em seu primeiro ano no Dragão, ele destacou a adaptação ao novo desafio e lamentou a derrota na final, diante do Vila Nova.

“Eu sou um garoto que gosta muito de colocar metas na minha vida, e quando vou cumprindo, vou colocando mais. A primeira coisa que pensei (quando vim para o Atlético) é que eu estava recebendo uma oportunidade muito grande para mudar muitas coisas na minha vida. Então eu vim com metas para conquistar”, disse em entrevista exclusiva ao DaBase.com.br.

“A primeira coisa era ser um dos artilheiros ou até ser o artilheiro principal. Além disso, trabalhei forte e pedi muito a Deus pelo título, o que seria muito importante para todo o grupo. Uma parte eu consegui, a artilharia, mas o título não veio. De qualquer maneira, demos o nosso melhor com a camisa do Dragão”.

Centroavante, Kevin se destaca pelo bom posicionamento na área e as finalizações. O jovem carrega o apelido de outro jogador famoso na posição: Brocador. A referência, segundo ele, veio dos tempos do Rio de Janeiro.

“Esse apelido veio de um técnico, quando eu joguei a Série B do Carioca pelo Serra Macaense, o Fabiano Mourinho. Começou a me identificar na relação e na escalação como ‘Brocador’ e foi aí que surgiu tudo. E conforme os gols foram saindo esse apelido pegou. (risos)”, comentou.

Kevin chegou a anotar cinco gols em uma única partida. Foto: Divulgação/ Atlético Goianiense

O jovem começou a carreira em Macaé, cidade natal, defendendo o Galaxy. Depois de algumas campanhas, o atacante se destacou com a camisa do Jabaquara no Paulistão Sub-17 de 2019, com um gol em cinco partidas. No Atlético desde o início do ano, ele traça novas metas para 2021.

“O objetivo é conquistar tudo que for disputar com o Atlético. Eu sempre me cobro muito, dou o meu melhor. Quero realizar meus sonhos no Atlético e em 2021 chegar ao elenco profissional”.

Com Lewandowski e Luis Suárez como inspirações, Kevin quer chegar ao patamar dos ídolos, atuando no futebol europeu e na Seleção Brasileira. Mas antes, ele ressalta que quer se firmar com a camisa rubro-negra.

“Meu primeiro sonho é me tornar um atleta profissional e consolidar minha carreira no Atlético. Seleção e futebol internacional também fazem parte dos planos mais para frente”, concluiu.

Deixe sua opinião

Jornalista apaixonado por qualquer espécie de futebol
Loading...