Loading...

André Jardine fala sobre preparação para o Sul-Americano sub-20 e projeta novas observações

A seleção brasileira sub-20 finalizou o primeiro período de treinos preparatórios para o Sul-Americano de 2021 na última sexta (30) com saldo positivo. Contando com quase todo o grupo convocado inicialmente, a equipe venceu os jogos-treino contra o sub-23 do Corinthians, por 4 a 2. e os profissionais do Ituano, por 2 a 0.

Jardine comemorou primeiro período de treinos com a seleção sub-20. Foto: Lucas Figueiredo/ CBF

Além dos resultados, o técnico André Jardine celebrou a oportunidade para reunir o grupo. Em entrevista ao site oficial da CBF, o técnico falou sobre a importância de ter o grupo concentrado e trabalhando sob as ideias da comissão técnica.

“As vitórias foram importantes, mas poder reuni-los nesse momento foi a maior conquista. Poder treiná-los. São atletas que vêm de clubes diferentes. É fundamental ter esse momento para conhecer os jogadores, entrosar e começar a dar uma ideia de equipe para eles”, disse.

A seleção se apresentou no dia 19 de outubro em Itu, no interior de São Paulo, e ficou dez dias concentrada. Sem o goleiro Lucão, o volante Bruno Gomes e o atacante Talles Magno, não liberados pelo Vasco, o técnico precisou chamar Adriel (Grêmio), João Gomes (Flamengo) e Carlos Alberto (América-MG). O pouco tempo de treino é um desafio para o trabalho, mas Jardine acredita que, com o apoio dos clubes e atletas, será possível desenvolver a preparação.

“O tempo está curto, trabalhamos longe do ideal. A gente gostaria de já ter feito mais convocações. Infelizmente, não foi possível por conta da paralisação do futebol devido à pandemia. Por isso a necessidade de apoio dos atletas e dos clubes para a gente conseguir montar uma seleção forte para essa disputa. A gente sabe que a Seleção sempre vai ter bons jogadores, mas o que vai dar resultado é a construção de uma equipe forte, com força de time”.

Apesar disso, André Jardine já projeta novas convocações e observações visando o Sul-Americano, que será disputado entre 2 e 27 d fevereiro, na Colômbia.

“A próxima convocação será fundamental para evoluirmos em vários quesitos e testar outros atletas também. Daí a gente encerra a etapa de observação e já começa moldar o grupo que imaginamos para o Sul-Americano”, projetou.

O torneio continental dará quatro vagas no Mundial da Indonésia. A seleção brasileira disputou apenas uma das últimas quatro edições, sendo vice-campeã em 2015.

Deixe sua opinião

Jornalista apaixonado por qualquer espécie de futebol
Loading...